Segunda-feira, 28 de novembro de 2022 - R.C. de Curitiba Oeste - Distrito 4730 - © 2013
   | | | | |
 
   
Rotary Club de Curitiba Oeste Rotary Club de Curitiba Oeste

Rotary Club de Curitiba Oeste Tudo sobre Rotary Rotary Club de Curitiba Oeste Notícia do Curitiba Oeste Rotary Club de Curitiba Oeste Notícias e Informações

 

Imagens fortes para reduzir acidentes

21/4/2010

Um vídeo divulgado no fim de 2009 virou hit no You Tube no começo deste mês. É uma montagem com trechos de campanhas para prevenção de acidentes veiculadas nos últimos 20 anos pela Transport Accident Commission (TAC), organização governamental do estado de Victória (Austrália), que paga o tratamento de pessoas envolvidas em fatalidades no trânsito.

A repercussão do vídeo foi grande, especialmente nos EUA e no Canadá. Mais de 1,3 milhão de pessoas assistiram aos cinco minutos de fortes cenas que mostram colisões, transporte de feridos e reações de familiares à notícia de que seus entes-queridos haviam se acidentado – muitas delas, reais.

A maioria das imagens abaixo não são reais, mas são impactantes, cuidado.


Chocante? Com certeza. Mas os resultados aparecem. De acordo com a TAC, em 1989, primeira vez que um de seus comerciais foi ar, 776 pessoas tinham morrido em acidentes nas estradas de Victoria. Em 2008, o número de mortes foi reduzido para 303.

Até 2020, muitas ações como essas devem surgir. Isso porque a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito” a partir do próximo ano, com o objetivo de reduzir a quantidade de acidentes de trânsito em todo o mundo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de mortes em consequência de colisões no trânsito chega a 1,3 milhão ao ano – o mesmo número de pessoas que assistiu ao vídeo da TAC. As projeções para 2020 são de que os óbitos atinjam 2 milhões, se medidas de combate à violência nas estradas não forem adotadas.

No Brasil, o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil), a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) e a Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) lançaram no ano passado o site www.chegadeacidentes.com.br, onde os cidadãos podem fazer parte de um abaixo-assinado que apóia a criação e implantação de um Plano Nacional de Segurança Viária.

A página traz, ainda, um relógio virtual que estima quantas vítimas os acidentes de trânsito provocaram desde 18 de setembro de 2009, quando o site foi ao ar. Os dados registrados às 17h00 de 19 de março deveriam chocar mais que as imagens do filme da TAC:

- 18.725 mortes

- 59.324 internações

O impacto econômico causado pelos acidentes seria de aproximadamente R$ 16,6 bilhões. O suficiente para pagar mais de 69 mil cestas básicas, 475 mil casas populares, 333 hospitais de reabilitação e 114 km de linhas de metrô em São Paulo.

Fonte: Renata Viana de Carvalho - autoesporte

  Voltar
Leia mais [+]
Leia mais [+]
Leia mais [+]
Leia mais [+]
Leia mais [+]
Leia mais [+]
Leia mais [+]
Leia mais [+]
[+] Lista Completa de Notícias
"Ausente a Cultura, prevalece a força da ignorância." João Darcy Ruggeri